Covid-19- Como podemos proteger aos outros e a nós mesmos? - Wecondo
Já é Cliente? (35) 9 8831-3867
Não é Cliente? (35) 3292-4700

Covid-19- Como podemos proteger aos outros e a nós mesmos?



Covid-19- Como podemos proteger aos outros e a nós mesmos?


Desde o seu início em dezembro de 2019, com o primeiro caso notificado em Wuhan, na República Popular da China, houve um crescente sentimento de incerteza e insegurança. Diversas medidas foram tomadas para minimizar os impactos. Devido à ausência de vacinas e tratamentos, contra a Covid-19, que sejam seguros e eficazes, é fundamental buscar soluções não farmacológicas, como o distanciamento social e inovações tecnológicas para minimizar a exposição das pessoas ao vírus SARS-CoV-2.

Quais são os sintomas de alguém infectado com Covid-19?

Muitas pessoas alarmadas com a pandemia buscam respostas para diferenciar uma simples gripe do terrível vírus. Mas, para confirmação e diferenciação, os sintomas mais comuns da Covid-19 são:

-Febre,

-Cansaço

-Tosse seca.

Alguns pacientes podem apresentar:

-Dores,

-Congestão nasal,

-Dor de cabeça,

-Conjuntivite,

-Dor de garganta,

-Diarreia,

-Perda de paladar e olfato,

-Erupção cutânea na pele

-Descoloração dos dedos das mãos ou dos pés.

Os sintomas podem aparecer de forma gradual e para algumas pessoas infectadas os sintomas podem se manifestar de forma leve.

O que acontece com alguém infectado com COVID-19?

Embora, para maioria das pessoas, cerca de 80% dos casos, não haja necessidade de tratamento hospitalar. Contudo, uma em cada seis pessoas infectadas por Covid-19 fica gravemente doente.

O grupo de risco

Como foi revelado nas pesquisas a grande maioria das pessoas não precisam de tratamento. Porém há pessoas que são consideradas mais propensas a desenvolverem os sintomas mais graves da doença. Essas pessoas são enquadradas no grupo de risco, sendo pessoas que apresentam condições clínicas que podem levar ao agravamento da doença, tais como ter:

- 60 Anos ou mais,

-Pressão alta,

- Problemas cardíacos

- Problemas pulmonares,

- Diabetes

- Histórico de AVC ou câncer,

- Mulheres grávidas e puérperas

Essas pessoas do grupo de risco têm maior risco de ficarem gravemente doentes.

No entanto, há registro de mortes de pessoas que estavam completamente saudáveis. Desse modo, é evidente que qualquer pessoa pode pegar a Covid-19 e ficar gravemente doente.

Vacina ou medicamento contra Covid-19?

Diante dos grandes desafios, profissionais de diversas áreas buscam incansavelmente soluções definitivas contra o coronavírus Sars-Cov-2, pois infelizmente, não há como delimitar um prazo para a pandemia terminar. Porém, até o momento, não há nenhuma vacina, terapia ou medicamento antiviral para prevenir ou tratar o coronavírus Sars-Cov-2. Atualmente, estão sendo realizadas diversos estudos nos principais centros de pesquisas do mundo na busca por possíveis vacinas e também tratamentos medicamentosos.

Cuidados contra o Covid-19

Nos casos de pessoas infectadas com sintomas leves, busca-se inicialmente aliviar os sintomas com o uso de alguns medicamentos simples como: Analgésicos e antitérmicos. Já em casos de maior gravidade as pessoas devem ser hospitalizadas.

Mas, como já citado anteriormente, a maioria dos pacientes se recupera graças aos cuidados básicos.

Vale ressaltar que o melhor cuidado é a prevenção. E as maneiras mais eficazes de proteger a si e aos outros são:

- Limpar frequentemente as mãos,

- Cobrir a tosse com a parte interior do cotovelo ou lenço

- Manter uma distância de pelo menos 1 metro das pessoas que estão tossindo ou espirrando.

Monitoramento, vigilância, detecção e prevenção de Covid-19

Como já citado, a maioria dos centros de pesquisas têm buscado uma solução definitiva para o Covid-19. É evidente também a necessidade de ter testes precisos e de baixo custo para realizar o diagnóstico rápido de Covid-19. Já que muitos hospitais não têm os testes ou recursos para distinguir com precisão o Covid-19 de uma gripe comum.

Entretanto, na ausência de vacinas e tratamentos é necessário definir outros meios, como o distanciamento social que minimiza a exposição das pessoas e garante a mínima segurança de todos. Portanto, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) tem elaborado uma série de ferramentas juntamente com o Ministério da Saúde do Brasil, para fornecer dados para os governos e auxiliá-los na tomada das melhores decisões.

Devido a esse cenário desafiador a utilização de vários sistemas tecnológicos de triagem têm demonstrado claro potencial de aliviar a carga clínica dos hospitais.

Um desses sistemas tecnológicos foi elaborado pela Wecondo, uma startup de tecnologia, que desenvolveu um aplicativo que proporciona o acompanhamento do panorama especificamente dos moradores de condomínio.

O acompanhamento dos sintomas é uma ação complementar às medidas básicas já implementadas. Mas, é evidente que o uso de tecnologia é parte fundamental para auxiliar na tomada de precauções para que, nesse momento delicado, as pessoas tenham o mínimo de uma rotina segura e saudável.

Foi devido esse motivo que a Wecondo criou o aplicativo de Acompanhamento do Covid-19 para condomínios. Um recurso que está disponível gratuitamente!

O aplicativo on-line pode ajudar os moradores a reconhecer os sintomas precoces, conscientiza-los sobre a importância da higiene das mãos e ajudar na decisão de encaminhar as pessoas para tratamento médico, caso os sintomas piorem. 

O funcionamento se dá através de formulários simplificados da metodologia do SUS. Onde a população condominial pode responder perguntas quanto aos seus sintomas e suas práticas de quarentena. Além disso, o software registra os dados dos moradores, fornecendo assim dados essenciais sobre o panorama de cada condomínio.

Benefícios do Aplicativo de Acompanhamento de Covid-19

- Vigilância permanente - Essa nova funcionalidade na plataforma Wecondo garante a vigilância permanente dentro do condomínio, assim ele poderá mostrar informações diárias da situação do condomínio.

- Conscientização - Com os dados do monitoramento é possível informar de forma lúdica e também conscientizar uma de forma mais assertiva quais as melhores medidas a serem adotadas no ambiente condominial.

- Metodologia Científica - O monitoramento Wecondo de Covid-19 baseia-se na metodologia de notificação adotada pelo Ministério da Saúde.

- Pode impedir consultas hospitalares desnecessárias para pacientes com sintomas leves ou de gripe. 

- Especificidade dos dados para a realidade local- os dados adquiridos podem fornecer uma avaliação de risco mais precisa para cada condomínio.

- Prevenção – Os questionários podem ajudar a prever as chances dos moradores adquirirem a doença dentro de seus condomínios.

- Engajamento da comunidade – como os dados são especificamente do contexto de cada condomínio. A aceitação e adesão a medidas comunitárias são bem maiores do que medidas difusas.  E com isso poderá garantir que diferentes necessidades sociais sejam levadas em consideração, reduzindo também a possibilidade de mal-estar social entre os moradores.

-Indicadores – o aplicativo Wecondo também permite a elaboração de pesquisas sistemáticas na comunidade condominial. Desta forma, podem ser elaborados mecanismos de votação para avaliar a aceitação de medidas atuais e futuras. Todas embasadas nos dados fidedignos de cada condomínio.

Adaptação e Evolução

Apesar de todos os problemas, a adaptabilidade do ser humano deve prevalecer.  Enquanto, nenhum medicamento, terapia ou vacina estiver disponível ou contar com a aprovação clínica da Organização Mundial da Saúde temos que como espécie e sociedade nos reinventar e superar esse grande inimigo.

Essa nova ferramenta para o acompanhamento do Covid-19 elaborado pela Wecondo visa reduzir os riscos dentro do condomínio e também fornecer dados para os gestores e condôminos. Ajudando-os a ampliar os cuidados, reduzir a velocidade de propagação da doença e minimizar o impacto da Covid-19 em seus condomínios.

Descubra de que forma a nossa tecnologia pode dar mais segurança a você e sua família durante esse período.

-> CLIQUE AQUI

 

Experimente Grátis Calculadora

LGPD

Lei Geral de
Proteção de Dados

Nosso site coleta informações através de formulários, caso preenchidos por você, além de utilizar cookies, que são informações coletadas a partir do seu navegador de internet.

Ao utilizar nossos serviços, você concorda com nossa Política de Privacidade .

Estou de acordo